COMBATER O CALOR EM CASA
Numa altura em que aumentam as vagas de calor, é importante estarmos atentos a alguns detalhes para não descurar a saúde.
Nem todas as casas são isoladas ou estão equipadas com ar condicionado, por isso deixamos aqui algumas ideias e truques para nos refrescarmos e combater as altas temperaturas do Verão
REFEIÇÕES FRIAS AO ALMOÇO E, PRINCIPALMENTE, AO JANTAR
Evitar comida pesada é um truque eficaz já comprovado. A temperatura corporal aumenta depois das refeições. E se optar por pratos sem uso do fogão, está também a evitar uma fonte de aquecimento do ambiente. Prefira refeições leves, com grandes quantidades de fruta e verduras da estação. 
 
CORTINAS, JANELAS E PERSIANAS FECHADAS
Esta é a fórmula para evitar que o ambiente absorva a luz do sol. Ao entardecer, levante as persianas e abra as janelas. Uma noite quente é normalmente mais fresca do que a temperatura corporal. As janelas abertas permitirão a entrada de uma brisa.
 GELO VENTILADO
Eis um ar condicionado improvisado: encha uma bacia ou tigela com gelo e coloque-a à frente de um ventilador. O vento e a evaporação da água ajudam a criar uma brisa refrescante. É uma técnica rudimentar, mas quem experimenta garante que funciona.
Outra técnica é posicionar os ventiladores em lugares estratégicos da casa para direcionar o calor para fora.  À noite, coloque-os virados para a janela de forma a ajudar a expulsar o ar quente e espalhar o ar frio.
 CORPO REFRESCADO
A circulação do sangue é percebida com maior intensidade em locais específicos: pescoço, punhos, cotovelos, joelhos e tornozelos. São os chamados pontos de pulsação. Um objeto frio sobre estes locais ajuda a refrescar o corpo. Gelo, compressas, ou bolsas térmicas podem aliviar. Em alternativa, pode usar um borrifador de água.
 PÉS DE FORA
Há pessoas que gostam de dormir todas tapadas, mas com os pés fora dos lençóis. A ideia é mesmo boa para se adotar no verão se pensarmos que os dedos dos pés têm bastantes terminações nervosas.  Deixá-los de fora vai ajudar a manter-se fresco.
Ainda no campo do sono, opte por roupa de dormir dois ou três números acima e de tecidos leves e naturais. Ou durma sem roupa.
 
MAIS PLANTAS PELA CASA
Além de ajudarem a baixar a temperatura interiormantêm o ambiente húmido. Espalhe vários tipos de plantas pela casa. As plantas de folhas de dimensões maiores ajudam ainda a criar zonas de sombra, ideal para conseguir ler um livro ou para proteger os animais de estimação.

 MUITA! MESMO MUITA ÁGUA!
Enquanto lê isto, beba um copo! Vai ajudar a libertar o calor do corpo, essencial ao processo de regulação da temperatura. Ao beber água evita a desidrataçãorepõe os minerais e hidrata o organismo.
Sintomas como dor de cabeça, tontura, confusão ou vómitos, podem ser sinal de desidratação. Evite a ingestão de bebidas alcoólicas e cafeína pois contêm substâncias de ação diurética, o que facilita a desidratação. Tenha também água ao lado da cama. Se tiver sede, não há desculpa para não se hidratar logo ali…
 BANHOS DE ÁGUA MORNA (NUNCA FRIA!)
A água fria reativa o mecanismo de compensação do organismo, obrigando-o a gastar mais energia para produzir calor e se aquecer naturalmente. Este choque térmico vai durar pouco, por isso o melhor é optar por banhos com água à temperatura ambiente.
 ANIMAIS sentem TANTO o CALOR como NÓS
Procure dar-lhes banhos mais frequentesespalhe panos húmidos pelo chão, passe-lhes água no pelo, coloque uma almofada perto do ventilador. Os animais de estimação sofrem tanto com o calor como os seres humanos. Cuide da alimentação e deixe água fresca sempre disponível.

 TELHADO EM BRANCO
Estudos comprovam que pintar o telhado de branco pode reduzir a temperatura ambiente entre 40 e 70%, e os raios solares até 96%.
Isto significa que há menor necessidade de usar ar condicionado, ventiladores e outros equipamentos, reduzindo consideravelmente o consumo de energia.
Trabalho resumido por Helena Duarte
Fonte: Artigos da Internet